ENCONTRO - COMENDO O NEGÃO CARIOCA

Esse foi nosso primeiro encontro, tinha apenas visto algumas fotos dele no whats, não tinha muita noção de como era. Combinamos que assim que eu chegasse pegaria um uber e iria ao seu encontro e de lá iriamos para o motel.

Na rodoviária, entrei no uber e fui encontrar com ele, quando eu vi aquele cara vindo em direção ao carro, foi impossível conter a ereção, meu pau fico duro na hora. Negro, alto, estava de boné preto, blusa preta e bermuda cinza. Entrou, se sentou ao meu lado no banco de trás. Nos cumprimentamos normalmente, até que recebi uma mensagem sua no meu celular.

" Queria chupar já, que mala linda" 

Olhei para o lado e o pau dele estava estorando dentro da bermuda, o puto estava sem cueca. Caralho, meu tesão foi aumentando cada vez mais, e ele provocando com as mensagens no celular "Quero  te mamar, beijar. Que vontade de pegar nele" 

Meu pau babava dentro da calça, estava quase pulando pra fora. Olhei para o motorista para ver se ele não iria perceber nada, eu estava sentado bem atrás dele, abri um pouco o ziper da minha calça e coloquei pra fora  a cabeça do meu pau. O carioca olhou  com uma cara de safado, e seu pau explodindo dentro da bermuda. Minha vontade era de pegar ele ali dentro mesmo, e por pra mamar meu pau com o motorista dirigindo pra nós. Mas nos controlamos, fiquei com a cabeça  do meu pau pra fora e dei uma pegada na mala do gostoso. Porra o pau do cara era grande também. Eu estava suando frio, ele era muito mais gostoso pessoalmente que pelas fotos.

Enfim chegamos no motel. Descemos do carro e mal fechamos o portão e ele já caiu de boca em meu pau, que boca, o safado estava a mil, com um tesão incontrolável. Meu pau parecia que iria estourar dentro da sua boca. Começamos a tirar a roupa ali mesmo, já baixei sua bermuda e cai de boca naquele rabo gostoso, grande,  que estava pedindo um trato. Fomos nos pegando até entrar no quarto. Além de um belo rabo, o puto tinha um pau enorme, que tesão. Lá dentro ele perguntou se eu havia levado a cueca que ele me pediu, abri minha bolsa, peguei a cueca e dei  ele. A vestiu e ficou de quatro pra mim na cama pedindo pau. Imagina aquele rabo enorme com uma jock realçando mais ainda, eu estava a ponto de explodir, mas ainda não foi desta vez que fui meter nele. O puto tinha me pedido para levar alguns brinquedinhos, levei três consolos em tamanhos diferentes, o carioca safado queria brincar antes de levar o meu pau dentro daquele rabão. E eu, que gosto muito dessas putarias, peguei o primeiro consolo, menor, e fui colocando dentro dele, aquele cu era lindo! Ele gemia e empinava o rabo, tirei, coloquei o segundo, brinquei mais um pouco com aquele cu, fui para o terceiro, já explodindo de tesão e vontade de por o meu pau lá no fundo, e o puto só curtindo.  Até que ele disse pra mim meter no cuzinho dele. Eu não pensei dua vezes, segurei aquele rabo em minhas mãos, posicionei meu pau na entrada daquele cu e fui empurrando. Ahh! o puto só gemia e recebia meu pau lá dentro. Aquele rabo empinado pra mim, ele me olhando pelo espelho e eu enfiando, foi deixando meu tesão a mil. Comecei a socar em um vai vem forte, querendo meter mais e mais naquele macho.  Ele sabia  como receber um pau, não negava fogo, aguentava tudo lá no fundo. Saímos da cama e fomos para uma cadeira erótica, e sentei na cadeira, ele veio com aquele rabo sobre meu pau, engolindo cada centímentro e rebolando gostoso. Sai de cima, ele foi sobre ela ficando de quatro, em uma altura perfeita  onde meu pau entrava e saia gostoso, ai sim, meti de todas as maneiras possíveis. 

Voltamos pra cama e dessa vez ele caprichou na mamada, engolia meu pau inteirinho, mamava feito um bezerrão sedendo por pau, como chupou, engolia com maestria. Fiquei em pé ao lado da cama, e ele veio com sua boca em meu pau, engolindo e chupando com tesão. Que macho, que gostoso.

Mas agora era minha vez de cair de boca naquele  pau,  me abaixei segurei firme e mamei,  não sei  falar o que era mais gostoso nele, o pau ou o rabo. Fui sobre ele, juntei nossos caralhos e comecei uma punheta dupla, me controlei pra não gozar, mas ele jorrou porra pra todo lado.  A tempos não via uma gozada gostosa como a dele. 

Como curti essa  foda com esse carioca, negão, PUTO. Macho gostoso, safado, sabe o que quer na cama e não perdoa, dá o  cu como poucos. 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENCONTRO - O PAULISTANO PELUDO ME FODEU

ENCONTRO - O EX TENENTE VOLTOU - FODA DE DESPEDIDA

CONTO ERÓTICO - O HÉTERO MACHÃO ME CHUPOU NA PISCINA