CONTO ERÓTICO - FODA COM O PM - SEXO NA PADARIA PARTE I

Ola pessoal, tudo bem? Este vai ser o primeiro conto de uma sequência, em que contarei aqui  minhas aventuras sexuais pelos locais onde passei. Vocês vão curtir!

Morava em Ribeirão Preto, cidade quente e de homens lindos. A menos de dois meses me mudara pra uma apartamento mais próximo a faculdade. E pra minha alegria, ou tormento, este AP ficava próximo a um quartel da PM.
Sempre fui muito discreto, e na minha, nunca invisto espero algum sinal pra poder dar a entender do que estou afim.
Todos os dias antes de ir á faculdade saia de manhã para ir a padaria, que também é próximo. Sempre que chegava la tinham vários PM`s tomando café, o que era uma tortura pra mim, aqueles uniformes marcando o corpo, aquelas bundas redondinhas e aquele pacote generoso. Nossa, me perdia em pensamentos. Mas nunca passou disso, eu apenas observava de longe, e como não via ninguém olhando ficava na minha.

Certo dia, acordei atrasado, acabei perdendo hora para a faculdade, me levantei e fui tomar café como de costume. Chegando lá tinha apenas um PM, nunca tinha visto ele ali, com certeza era novo, lindo, alto, forte, com uma bunda e um pacote invejável, Ribeirão Preto que já é quente naquele momento virou um inferno. Sentei um pouco distante e percebi que ele me olhou meio de lado, fiquei olhando para ele, para ver se repetia, e dito e feito, ficamos trocando alguns olhares por um tempo. Eu que não sou bobo nem nada me levantei e passei próximo a ele, dando aquela pegada de leve na minha mala, só pra sentir a reação dele, ele encarou meu pau e deu uma pegada no dele. Nossa tremi na base. Parei no balcão próximo a onde ele estava, fiquei olhando como quem escolhe algo, depois de um tempo disfarcei e entrei no banheiro da padaria, fiquei em frente ao lavatório, onde tinha um espelho que dava direto paras as cabines privadas. Vi quando ele entrou no banheiro e foi direto pra uma delas, deixando a porta aberta. Fiquei ali observando, ele  baixou a calça ate o meio da bunda (e que bunda), e ficava olhando para traz.
Peguei em meu pau, que já estava latejando de tanto tesão,e fui ao encontro dele.   Entrei no reservado, fechei a porta e fui encostando meu pau naquele rabo, que bunda, enorme, redonda, durinha... perfeita. Alisei muito aquele rabo. Ele rebolava esfregando aquela bunda no meu pau, tesão a mil, meu pau babava como nunca. Quando me dei conta, aquele macho gostoso  vira de frente e cai de boca no meu pau, que chupada, aquele macho forte, todo fardado me chupando, me olhando com aquela cara de quem pede pau no cu, engolindo cada centímetro, sabia chupar muito bem aquele safado. Não aguentei, gozei, e como gozei, enchi aquela boca gostosa de porra, fiquei de perna bamba.

Ele se  virou, cuspiu minha porra  e levantou se. Me olhou bem nos olhos,pegou no meu pescoço e forçou minha cabeça pra baixo em direção ao seu pau, caralho, era impossível aquilo, que pau gostoso, não era grande, mas grosso e cabeçudo, lindo. Chupei bem gostoso, engoli cada centímetro dele, ele pegando no meu cabelo e forçando minha boca no pau dele, chupei com vontade, lambia aquela cabeça grande e grossa, e socava aquele caralho na minha boca...  Senti seu pau inchar, ele estremeceu, veio o gozo na minha boca, que delicia, que porra gostosa, quente, saborosa, gosto de macho. Meu pau já ficava duro de novo.
Me levantei, enquanto ele arrumava a farda eu limpava minha boca, ele veio próximo ao meu ouvido, e disse para passar no inicio da noite na guarita do quartel, ele ia estar la me esperando,aquele rabo ia ser meu, ele queria dar pra um pau grande  fazia tempo.
Não acreditava naquilo tudo. O que eu fiz? Claro que eu fui, e posso garantir, foi uma das minhas melhores fodas... 


PARTE II - CLIQUE AQUI 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ENCONTRO - O PAULISTANO PELUDO ME FODEU

ENCONTRO - O EX TENENTE VOLTOU - FODA DE DESPEDIDA

CONTO ERÓTICO - O HÉTERO MACHÃO ME CHUPOU NA PISCINA